head> O blog da guida: Abril 2007 .comment-link {margin-left:.6em;}

O blog da guida

Para ver, aprender, descobrir, sentir e gostar.

sábado, abril 28, 2007

NOMEAÇÕES


Fquei surpreendida e feliz ao mesmo tempo por saber que tinha sido nomeada por uma fantástica bloguista reikiana2 que me elegeu como um dos seus 5 Blogs. Muito Obrigada.
O meu blog é simples, feito com muito carinho e os assuntos nele tratado são diversificados e úteis para todos aqueles que o visitam, pelo menos é o que me transmitem nos comentários deixados.
Já que estamos em tempo de nomeações aqui ficam 5 blogs interessantes e que são os seguintes:


Ideias e Ideais
Era Uma vez um Girasol
Segredos da Agulha
Quintal do Tuga
In Mente

quarta-feira, abril 25, 2007

MINIGOLFE - CAMP.INDIVIDUAL



Decorreu no passado fim de semana em Lamego a 2ª Jornada do Camp.Nacional Individual em Minigolfe (ver classificações)

O Minigolfe Club Portugal (MCP) lidera dentro dos três primeiros lugares nas categorias de Homens, Senhoras, Juniores e Seniores.

Parabéns a todos os jogadores, porque independentemente da classificação, o mais importante é a pratica da modalidade.

A 3ª e última jornada irá realizar-se em Vizela no próximo mês de Maio.

UNIVERSO ALTERNATIVO ( III )


                              
QUIROPRÁTICA 


TEORIA 

Traduzida á letra,quiroprática significa "manualmente eficaz" e assenta no pressuposto de que o corpo tem uma enorme capacidade de auto-cura e a nossa estrutura física e as suas funções estão intimidamente ligadas. O seu principal objectivo é, pois, a regularização da relação que existe entre a estrutura e o funcionamento corporal, restabelecendo o desempenho normal da coluna e do sistema musculo-esqueléctico. É usado em situações como dores nas costas, musculares, resultantes da prática desportiva, entorses, rigidez dos membros, asma.
O terapeuta recorre a radiografias, observação e palpação, para analisar o paciente, e o seu método assenta na manipulação, especialmente na região da coluna vertebral (com vista ao ajustamente das vértebras) e os músculos, assim como mobilizações das articulações. Pode ainda envolver tratamentos à base de gelo, calor, estimulação eléctrica, ultrasons, entre outros.


RISCOS 

Esta terapia não pode ser apliacada em indivíduos que sofram de patologias do foro ósseo (como osteoporose ou artrite reumatóide), de problemas resultantes da pressão na medula espinalou de alterações graves a nível sanguíneo.
Por outro lado existe o risco (ainda que baixo) de a artéria vertebral (que irriga o tronco cerebral) ficar comprimida na sequência da manipulação das vertebras cervicais. Em consequência, a irrigação cerebral é afectada e a pessoa pode sentir alterações ao nível da linguagem, a visão, paralisia e, em casos extremos, falecer.


DESCOBERTAS DA CIÊNCIA 

Existem dezenas de estudos realizados sobre a sua eficácia, mas os dados não são conclusivos. Sabe-se que os pacientes que recorrem a esta terapia apresentam melhores resultados que aqueles que não se sujeitam a qualquer tipo de tratamento. No entanto, os seus efeitos não são melhores no caso de quem procura outras técnicas, como massagens terapêuticas. A eficácia da quiroprática em relação ás dores nas costas é ainda incerta, mas paralelamente alguns estudos sugerem que pode atenuar dores de cabeça, de pescoço e ciática.

quarta-feira, abril 18, 2007

UNIVERSO ALTERNATIVO (II)




MEDICINA AYURVÉDICA


TEORIA

É a medicina oficial da India, país onde foi criada há mais de 3000 anos. Trata-se de um sistema de saúde holístico ( o seu grande objectivo é o equilibrio do corpo, mente e espírito), no qual se incluem dietas, yoga, editação, plantas medicinais, jejum, massagens e fármacos ayurvédicos. De acordo com a sua filosofia-base, há uma releção entre o individuo, o universo e a saúde - a doença surge quando esta ligação é corompida. Segundo a medicina ayurvédica existem três forças (doshas) - compostas por um ou dois elementos da natureza (água, fogo, terra e ar) -que controlam as actividades do organismo. Assim, a probalilidade de a pessoa vir a desenvolver uma determinada patologia é condicionada pelo seu estado de saúde física e mental, estilo de vida e (des) equilibrio dos doshas.


RISCOS


Algumas substâncias não foram ainda estudados de forma aprofundada e são potencialmente tóxicas. Segundo um estudo norte-americano cerca de 14 medicamentos ayurvédicos de venda livre continham chumbo, mercurio ou arsénico. Ainda que, uma vez  que estes medicamentos são o resultado da combinação de várias substâncias, torna-se difícil saber qual delas gera efeitos e porquê.


DESCOBERTAS DA CIÊNCIA

Até ao momento, foram realizados poucos estudos rigorosos sobre as diversas práticas da medicina ayurvédica. Investigadores da Universidade do Arizona encontram-se a analizar plantas usadas para tratar patologias inflamatórias e a sua eficácia em casos de asma e artrite. Outra equipa oposta na investigação do composto da planta mucuina priens e as sua potencialidades para previnir ou atenuar os efeitos da doença de Parkinson.Investigadores da Universidade da Pennsylvania, depois de testarem os efeitos de uma planta (guggulipid) ao nível da hipercolesterolomia e d concluirem que é ineficaz (chegando em aguns casos a aumentar os níveis de maus colestrol), estão agora a analisar as potencialidades da medicina ayurvédica a nível cardiovascular.

domingo, abril 15, 2007

UNIVERSO ALTERNATIVO


Começo hoje por escrever um de nove dos tratamento que tem a ver com um conjunto de terapêuticas que partem de uma base teórica distinta da medicina convencional e envolvem meios de diagonóstico e tratamentos próprios.
Existem diversas categorias:
sistemas de medicina alternativa (medicina tradicional chinesa, medicina ayurvédica, homeopatia, naturopatia etc.); terapias que recorrem a técnicas cujo objectivo é "aproveitar" a capacidade que a mente tem de influnciar as funções do organismo (meditação, musicoterapia, hipnose, etc.); terapias biológicas,que se baseiam no rcurso a plantas medicinais, vitaminas; métodos que assentam na manipulação do corpo, como a quiroprática; e terapias energéticas (como o reiki).

AROMATERAPIA

TEORIA

Envolve o recurso a essências de óleos no intuito de melhorar o bem-estar e equilibrio fisico e psicológico. O leque de óleos essenciais é vasto - camomila, eucalipto, gerânio, alfazema, rosa, alecrim, sândalo, manjerona, nerol - e cada um deles oferece propriedades especifícas, existindo fórmulas calmantes, estimulantes, antibacterianas e anti-inflamatórias. Podem ser combinados ou usados isoladamente e aplicados através de massagens ou, po exemplo, adicionados ao banho de imersão, podendo também ser inalados.É indicada para situações como ansiedade, stress, dores musculares ou problemas de pele entre outros.

RISCOS

Como são concentrados, quando aplicados directamente sobre a pele, os óleos podem originar alergias, por isso o ideal é realizar-se um teste médico de despistagem antes de aplicar a fórmula pela primeira vez. Para além disso, o recurso à aromaterapia está contra-indicada durante a gravidez, em individúos com asma, hipertensos ou com epilepsia. Não deve ser aplicada em crianças, antes da exposição solar, como não deve ser combinada com tratamentos homeopáticos.

DESCOBERTAS DA CIÊNCIA

Não existem estudos que sustentem todas as propriedades terapeuticas atribuidas à aromaterapia. Sabe-se que os óleos essenciais podem actuar ao nível fisiológico e que estimulam uma área do sistema nervoso ligado às emoções, mas até ao momento ainda não se conseguiu apurar de que forma é que isso acontece.
A aromaterapia parece ser útil como apoio em situações de ansiedade e pode promover o bem estar-estar em doentes com cancro e pacientes sujeitos a intervenções cirurgicas.

quinta-feira, abril 12, 2007

PARA PENSAR!

Dois homens, ambos gravemente doentes, estavam no mesmo quarto de
hospital. Um deles podia sentar-se na sua cama durante uma hora, todas
as tardes, para que os fluidos circulassem nos seus pulmões.

A sua cama estava junto da única janela do quarto.

O outro homem tinha de ficar sempre deitado de costas.

Os homens conversavam horas a fio. Falavam das suas mulheres, famílias,
das suas casas, dos seus empregos, dos seus aeromodelos, onde
tinham passado as férias...

E todas as tardes, quando o homem da cama perto da janela se sentava,
passava o tempo a descrever ao seu companheiro de quarto todas as
coisas que conseguia ver do lado de fora da janela.

O homem da cama do lado começou a viver à espera desses períodos
de uma hora, em que o seu mundo era alargado e animado por toda a
actividade e cor do mundo do lado de fora da janela.

A janela dava para um parque com um lindo lago. Patos e cisnes,
chapinhavam na água enquanto as crianças brincavam com os
seus barquinhos. Jovens namorados caminhavam de braços dados por
entre as flores de todas as cores do arco-íris. Árvores velhas e enormes
acariciavam a paisagem e uma tênue vista da silhueta da cidade podia
ser vislumbrada no horizonte.

Enquanto o homem da cama perto da janela descrevia isto tudo
com extraordinário pormenor, o homem no outro lado do quarto
fechava os seus olhos e imaginava as pitorescas cenas.

Um dia, o homem perto da janela descreveu um desfile que ia apassar:

Embora o outro homem não conseguisse ouvir a banda, conseguia
vê-la e ouvi-la na sua mente, enquanto o outro senhor a retratava
através de palavras bastante descritivas.

Dias e semanas passaram. Uma manhã , a enfermeira chegou ao quarto
trazendo água para os seus banhos, e encontrou o corpo sem vida, o
homem perto da janela, que tinha falecido calmamente enquanto dormia.

Ela ficou muito triste e chamou os funcionários do hospital para que
levassem o corpo.

Logo que lhe pareceu apropriado, o outro homem perguntou se
podia ser colocado na cama perto da janela. A enfermeira disse logo que
sim e fez a troca.

Depois de se certificar de que o homem estava bem instalado, a enfermeira
deixou o quarto.

Lentamente, e cheio de dores, o homem ergueu-se, apoiado no
cotovelo, para contemplar o mundo lá fora. Fez um grande esforço e
lentamente olhou para o lado de fora da janela que dava, afinal, para uma
parede de tijolo!

O homem perguntou à enfermeira o que teria feito com que o
seu falecido companheiro de quarto lhe tivesse descrito coisas tão
maravilhosas do lado de fora da janela.

A enfermeira respondeu que o homem era cego e nem sequer
conseguia ver a parede. Talvez quisesse apenas dar-lhe coragem...

NO COMMENTS

domingo, abril 08, 2007

Puxa finalmente chegou a minha vez ...

domingo, abril 01, 2007

VIAGEM DE FINALISTAS


Recordação para toda a vida depois de uma semana inesquecível em Lloret del Mar.